FKS Contábil

Notícias

Se o buraco negro apaga a luz imagine sua limitação

O mundo globalizado agregado à inteligência artificial e a emocional nos proporciona uma visão atualizada e diferente

“As inteligências (artificial e emocional) afloram a limitação do Ser Humano” (Elenito Elias da Costa e LEVY DA COSTA).

INTRODUÇÃO

O mundo globalizado agregado à inteligência artificial e a emocional nos proporciona uma visão atualizada e diferente, e quando adicionamos a pandemia resultante da COVID-19, nos deixa realmente intranquilos.

É fato que o globo passa por momento muito especial e diante das inovações e dos avanços existentes, devemos entender que o Capital busca ferozmente seu resultado positivo mesmo que para isso tenha que utilizar recursos nunca dantes imaginados.

A sociedade em geral está atônita e sobressaltada diante do quadro futurístico, mas devemos ter cautela para que essa gula insana não afete a humanidade em significativo mais amplo.

O ano 2020 está literalmente perdido, e os anos 2021/2022, podem ainda ter uma perspectiva mais positiva, e isso depende de diversas variáveis, que hão de motivar ações e atitudes racionais e coerentes.

Os investidores desejam de toda forma recuperar seu DESÁGIO sofrido no ano de 2020, e isso, implica em REDUÇÃO DE CUSTOS E DESPESAS de qualquer forma.

A guerra comercial entre os dois maiores conglomerados, USA e CHINA, afeta todo o globo, analisando e ouvindo seus mentores, nenhum dos dois deseja perder o mercado conquistado, e sabemos que quando dois grandes lutadores buscam se digladiar, sobra para as colônias pagar essa conta.

PROFISSIONAL

O mercado de trabalho está muito seletivo e exigindo maior capacitação e qualificação dos profissionais, e sabem que a força motriz existente não lhe dará a resposta positiva que procura no tempo hábil e diante desse impasse procura alternativas mais condizentes estão sendo implementadas.

A nanotecnologia, a automação, a robotização, são verdades absolutas cujo mercado profissional deve entender, pois são grandes as diferenças existentes quando comparamos o SER humano com o Robô, ou similar.

O conhecimento correspondente à inteligência artificial e a emocional são qualidades que o profissional detém, mas com os algoritmos, lógico Fuzzy, Machine Learning, Deep Learning, Data Mining, Cloud, Internet of things, screen, e demais recursos, essa diferença se acentua consideravelmente.

O sistema computacional está evoluindo todo o tempo, e sempre buscando suas melhorias, e se compararmos com o profissional Ser Humano, o tempo e o investimento não positiva o retorno absoluto no menor tempo possível e nesse ponto a desigualdade se acentuará.

Alguns pensadores modernos entendem que uma SIMBIOSE (homem máquina) deverá compor a força motriz do futuro breve, mas as perspectivas futurísticas apontam para só a robotização, já que seu custo é muito inferior e os resultados são positivos quando analisamos o CUSTO e seu BENEFÍCIO, gerando, portanto, maior retorno do investimento aplicado.

A fragilidade educacional na formação do profissional é um fato indesejável, mas verossímil, e isso poderá implicar na tomada de decisões dos investidores quando estiver diante do quadro futurístico, mesmo que saibamos que sem WORK e sua RENDA a ECONOMIA ficará afetada.

Diante dessa afirmativa, podemos entender que Karl Marx em seu livro O CAPITAL, descreve com naturalidade os fatos que assolam a sociedade, mas não contava com o elemento surpresa, a INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL, essa cereja do bolo faz a grande diferença, mas sabemos que o gosto adocicado deve ser equacionado para não gerar dissabor, como cita Thomaz Piketty em seu livro O CAPITAL DO SÉCULO XXI, que nos brinda com suas inteligentes inserções, que coloca em dúvidas o sistema Capitalismo.

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

É inegável que o Capital fará uso especulativo da Inteligência Artificial para obter maior ágio de seu investimento, mesmo que isso implique em elevar as desigualdades sociais, mas o investidor não consegue visualizar ou mesmo exercer o investimento com responsabilidade social, pois sua gula o cega e só vê o resultado positivo.

A sociedade global ficará ainda mais desigual, sua estratificação social é uma verdade incontestável onde somente uma minoria sobreviverá, mesmo sabendo que precisam da mão de obra humana, pois robôs não comem não se divertem, não compram acessórios e nem constituem família.

O sistema social deve ser repensado, e nesse momento podemos entender o que Stephen Howking diz que a humanidade precisará de outro planeta.

O conceito de HUMANIDADE ficará absoleto, assim como o significado de VERDADE diante do espaço-tempo, pois Alan Turing desmitificou citados conceitos.

A situação deverá ficar ainda mais difícil, diante da evolução da Inteligência Artificial normal, o mesmo se agravará diante da Inteligência Artificial Quântica, onde alguns paradigmas cairão por terra.

EMPREGO/TRABALHO

O mercado de emprego que já está altamente seletivo, deverá se exaurir, diante da evolução da nanotecnologia, automação, robotização e similares, lamentamos, mas essa verdade é incontestável, por mais verossímil que seja.

Por outro lado, temos muito trabalho, já que o mercado absorve os serviços de pessoas capacitadas e qualificadas para oferecer serviços ao mercado altamente seletivo.

O mais intrigante é que o TEMPO para essa verdade está acontecendo e não nos damos conta e não percebemos a sua rápida evolução.

As mídias, como Microsoft, Google, Facebook, e as demais, estão utilizando a inteligência artificial em toda sua extensão, e o mais grave é que o usuário não consegue entender nem tão pouco perceber, mesmo utilizando o seu Smartphone.

No Brasil a febre do momento é o PIX, mas na CHINA, especificamente em Xangai e demais cidades chinesas, onde existe mais de dois milhões de câmeras filmadoras, já utilizam o QueryCode, e a identificação facial para pagamento de transações comerciais.

CONCLUSÃO

Aquele que mais rápido acompanhar essa evolução e que tenha investimento na sua capacitação e qualificação profissional, poderá sobreviver por algum tempo, mas aquele que não tem igual ação e atitude engrossará um gráfico decadente estatístico de gravidade incontestável.

Devemos entender que a busca por alimento e remédio, tem um preço de mercado, e somente quem exercer alguma atividade laboral lucrativa poderá sobreviver.

O Brasil optou por queimar seu território, por entender que o mundo precisa de um celeiro que possa atender a grande demanda de famintos, daí ser o grande provedor de alimentos, mas tudo tem um elevado preço, pois sua população poderá elevar a insegurança, violência e crescer os agravos sociais, o que é lamentável.

Assim como o titulo nos informa o BURACO NEGRO não apaga só a LUZ, mas também a limitação daqueles que estão perdendo tempo, eis a síntese interpretativa do referido artigo.

Fica, portanto, evidente que no sistema Capitalista inexiste almoço grátis, pois tudo tem o seu preço.

AUTORES: Elenito Elias da Costa e LEVY DA COSTA,

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Estaduais
  • Artigos
  • Melhores

Agenda Tributária

Período: Outubro/2020
D S T Q Q S S
    010203
04050607080910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Cotação Dólar